Queime gordura com alimentos termogênicos

Para quem busca perder peso e queimar gordura, uma ideia interessante é somar a rotina com alimentos termogênicos. Com esses alimentos o corpo lhe ajuda a queimar as calorias que ingeriu.

O que são alimentos termogênicos?

Todo alimento que você come passa por um processo chamado digestão, onde o organismo se encarrega de absorver os nutrientes que entram e eliminar tudo aquilo que não for útil para o funcionamento do corpo. Apenas esse trabalho faz com que calorias sejam consumidas, afinal existem movimentos que precisam de energia.

Alguns tipos de alimentos exigem do corpo um maior gasto calórico que outros, assim, as pessoas que buscam perder peso devem optar pelos primeiros. Eles são conhecidos como termogênicos, pois aumentam a temperatura do seu corpo e faz com que o organismo trabalhe mais para fazer a digestão.

Eles funcionam de forma a colocar o corpo em ação gerando calor interno, o que por consequência faz com que o metabolismo acelere no processo de digestão, logo se queima mais calorias. Mesmo nesse processo, é possível fazer com se perca peso, por isso, é importante escolher os alimentos com os quais faz a sua dieta.

Estima-se que ao inserir alimentos termogênicos na alimentação o corpo passa a gastar 10% mais calorias, uma vez que gasta mais energia no processos digestórios.

Essa é uma maneira natural e saudável pela qual é possível queimar mais calorias e emagrecer.

Quais alimentos termogênicos consumir

A lista de alimentos considerados termogênicos é muita extensa, porém os principais se encontram pontuados a seguir.

Para maiores informações acesse a esse vídeo:

O Natupro funciona também, caso queira optar por algum produto natural, confira abaixo agora a lista dos principais termogênicos.

  • Pimenta-caiena

Dentre uma grande quantidade de substâncias, a pimenta-caiena se destaca por ser rica em capsaicina. Ela é responsável por sabor do alimento, mas também ajuda no metabolismo de gordura pelo organismo.

Por ser picante ele aumenta o calor do corpo de forma a acelerar o metabolismo.

  • Pimenta preta

A pimenta preta possui em sua composição a piperina que atua bloqueando nova células de gordura que possa aparecer no organismo. Ela também aumenta a temperatura do corpo e auxilia no aumento da queima de gordura.

  • Gengibre

O gengibre também é um dos mais conhecidos alimentos termogênicos e merece a fama. Além de ser um excelente anti-inflamatório natural, ele aumenta a temperatura do corpo quando ingerido e promove a queima de gordura.

Ele também atua na redução dos gases e elimina um possível inchaço do corpo. O gengibre ajuda a controlar o apetite colaborando com a sensação de saciedade.

  • Canela

A canela além de ser um excelente tempero é um grande amigo no combate a balança. Também é muito interessante para quem tem diabetes, pois ajuda a manter os níveis normais de insulina no organismo.

Como os outros, ela aumenta a temperatura corporal facilitando a termogênese e a queima de gordura. A canela também colabora para reduzir o colesterol ruim no sangue.

  • Chá verde

O chá verde foi descoberto como emagrecedor a pouco tempo, antes era usado com outros intuitos. Ele possui uma grande quantidade de antioxidantes que aumenta a quantidade de energia que o corpo precisa usar e, portanto, auxilia na perda de peso.

Herpes Tipo 1 e Tipo 2

O Herpes tem duas formas de surgimento muito comuns, e muito difundidas, mesmo que de forma leiga, a depender da região onde ocorre o aparecimento da infecção. Separadamente são conhecidos como Herpes labial e Herpes genital.

Trata-se de uma condição na qual acontece uma infecção através de vírus, e diferentemente do que se imagina, pode aparecer em qualquer lugar do corpo, apesar de formas mais comuns afetarem os lábios e genitais.

Como surge o Herpes

O Herpes aparece principalmente em pessoas que tiveram contato direto com as feridas expostas em alguma pessoa infectada e que está com a condição ativa. A contaminação também pode ser dar por outros meios, como usar algum objeto que teve contato com as lesões, mas não é uma forma muito comum de contrair o vírus.

Os sintomas tendem a aparecer em até 2 semana após o momento do contato, e logo é preciso esperar um tempo caso haja dúvida se foi contaminado com o vírus.

Existem dois tipos de contaminação pele vírus, sendo portanto o herpes dividido em duas categorias, o tipo 1 e 2, sendo o primeiro mais comum e acredita-se que aproximadamente 90% das pessoas devem ter contato com ele no decorrer da vida, já para o segundo tipo acredita-se que apenas 20% devem ter alguma relação.

Diferença entre o Herpes tipo 1 e tipo 2

O Herpes tipo 1 é o mais conhecido e também aquele onde é mais fácil observar os sintomas em outra pessoa, pois ele costuma se manifestar na região dos lábios ou outro lugar no rosto. Grande parte da população que tem que conviver com o vírus acaba por contrai-lo ainda na fase da infância. Sua principal forma de contágio é através da saliva de alguém que esteja com a infecção ativa. Dentre as suas complicações vale ressaltar a meningoencefalite, que acomete o revestimento do cérebro.

O Herpes tipo 2 é aquele que está mais associado ao envolvimento sexual, portanto, é tratado como uma DST (doença sexualmente transmissível). Apesar de ter sintomas muito incômodos, como também acontece com o primeiro tipo, existem muitos casos do tipo 2 em que a infecção fica latente e, portanto, não manifesta sintomas.

Quais os principais sintomas para saber se é Herpes?

Caso você tenha dúvidas sobre o que apareceu no seu corpo é Herpes, fique atento aos sintomas a seguir, e nunca deixe de recorrer a um médico. Conforme explicado no Protocolo Definitivo para Acabar com a Herpes, os principais sintomas que confirmam a doença são:

  • Pequenas bolhas que podem surgir nas áreas afetadas
  • Episódio de febre, principalmente na primeira que a infecção aparece
  • Aumento dos nódulos linfáticos, principalmente perto das áreas afetadas (virilha e pescoço)
  • Lesões que começam com uma sensação formigamento e queimação.
  • Procurando ajuda médica

Nunca se deve dispensar o auxílio de um médico, e vários podem lhe ajuda com o problema. Na dúvida ou dificuldade de acesso pode procurar qualquer clínico geral para uma primeira opinião, porém os mais indicados são infectologistas, dermatologistas, ginecologistas, urologistas.

A procurar de um médico é principalmente importante pois existem outras doenças que em sua manifestação podem lembrar o Herpes, logo, apenas um especialista tem a real capacidade de distinguir diferentes sintomas, por mais que pareçam similares.

Para mais informações você pode clicar no link abaixo e acompanhar a um vídeo que aborda esse assunto.

Coach de emagrecimento

O emagrecimento tem se tornado cada vez mais uma prioridade para os brasileiros, pois mais da metade da população está acima do peso ideal. A obesidade, além de acarretar diversos problemas de saúde, reduz a expectativa de vida. Apesar da facilidade de obtermos informações nos tempos atuais, emagrecer para muitos ainda é um caminho repleto de dificuldades, principalmente para quem encara o processo por conta própria.

O processo de emagrecimento deve ser iniciado através de uma reprogramação mental e corporal, e uma reeducação emocional. É necessário modificar a forma em que se pensa na comida, para que medos, ansiedade, raivas e frustrações não sejam descontados nela. Uma reeducação alimentar só terá sucesso se as questões emocionais e comportamentais forem resolvidas.

O coach especializado em emagrecimento é o profissional que identifica, analisa e reprograma os aspectos emocionais e comportamentais, auxiliando o início de uma mudança de pensamento. O principal objetivo do trabalho é melhorar a qualidade de vida de forma significativa, pois busca entender os aspectos mais profundos do comportamento humano.

Dessa forma, a perca de peso ocorre de forma prazerosa, e sem a necessidade do uso de medicamentos. O coaching de emagrecimento é um processo que tem início dentro da pessoa, entendendo todo seu funcionamento. O processo desse nicho de coaching não exclui outros métodos, ele é potencializado com um acompanhamento de um nutricionista, de um plano alimentar como o Plano 3×4 e de um educador físico (personal trainer) para cuidar da rotina de exercícios físicos.

16 dicas para emagrecer com coaching: 

Aspectos trabalhados

Compulsão: Acontece quando se come repetidamente para aliviar um sentimento ou sensação. É um dos principais culpados pelo sobrepeso e pela obesidade. É preciso entender a origem da causa.

Padrões familiares e culturais: Comportamentos podem ser aprendidos e reforçados durante o desenvolvimento no âmbito familiar. Algumas pessoas comem muito por terem dificuldade em mudar os padrões alimentares.

Problemas sexuais: É comum identificar em alguns obesos problemas de abusos sofridos na infância, pois no inconsciente, elas buscam evitar novos assédios.

Distorção de tamanho: Alguns afirmam que não estão gordos, que apenas estão fortes ou maiores que as outras pessoas. Essa distorção dá a falsa sensação de segurança.

Prazer em comer: Quando comer passa a ser o único prazer na vida de uma pessoa, outros aspectos precisam ser cuidados com carinho.

Com o processo de coaching é possível identificar e melhorar aspectos internos que são limitantes na corrida pelos objetivos. O objetivo é emagrecer sem sofrimento, e num processo natural de aprendizado, melhorando pensamento e ações.

Aprenda a ganhar na Lotofácil

Todos nós já pensamos em fazer um jogo da loteria para tentar ganhar um dinheiro extra. Porém, a maioria de nós não acredita que seja possível ganhar e, talvez seja por isso, que tantas pessoas andam descrentes. Entretanto, que tal aprender uma técnica que fará toda a diferença? Aprenda a ganhar na Lotofácil e comece a receber prêmios com as dicas a seguir!

Todos nós sabemos que não é nada fácil ganhar na loteria, que é preciso investir muito dinheiro com vários jogos para conseguir. Porém, com essas técnicas você vai conseguir estudar e analisar os jogos para aumentar as probabilidades de ganhar na Lotofácil. Portanto, se você quer ter mais chances de ganhar na Lotofácil, chegou a hora de conhecer novas técnicas que lhe ajudarão a ser um dos ganhadores.

Fique atento as dicas

1ª dica: 15 números são sorteados

Todos nós sabemos que 15 números serão sorteados em todo o jogo e que 10 números acabam não sendo sorteados. Essa dica completa a próxima.

2ª dica: Números repetidos

Já que temos os resultados anteriores, sabemos que em todo jogo números são repetidos. Ou seja, alguns números, que foram sorteados no sorteio anterior, vão sair no próximo sorteio.

Os números com maiores probabilidades são: 09 com 37% de chances, 08 com 25% e 10 com 20%. Em contrapartida, também temos as piores tendências, são eles: 07 com 9% e 11 com 7%. Portanto, se quiser apostar em alguns desses números avalie se vale a pena.

Dica: Falando em probabilidades, vale a pena conferir como O Livro Negro da Loteria Funciona

Veja um vídeo com muitas dicas e abaixo saiba como montar um jogo da Lotofácil:


Como montar o jogo da Lotofácil

Chegou a hora que todos nós queremos, é a hora de montar o jogo. O primeiro passo é pegar o último resultado da Lotofácil, você verá os números que saíram e então começará a decidir quais usará em seu jogo.

Pegue as 15 dezenas que saíram no jogo anterior e divida em três grupos com cinco dezenas. Você pode separar em ordem, os primeiros cinco números, depois os outros cinco e por fim, os últimos cinco números do sorteio anterior. De cada um desses grupos, você irá escolher três números para o seu novo jogo, ou seja, quando terminar de escolher, já terá nove dezenas para o seu próximo jogo.

Agora peguei os dez números que não saíram nesse mesmo sorteio e separe-os em dois grupos distintos. Não importa como você fará a separação, o importante é fazer os dois grupos com cinco dezenas cada. Agora, em cada um desses grupos, você escolherá três números para a sua nova aposta. Pronto, você tem seu jogo de 15 números formado!

Acredita-se que essa técnica ajuda a aumentar as probabilidades de ganhar na Lotofácil. Entretanto, você deve estar ciente que nenhuma técnica é 100% correta, ou seja, nem sempre você irá ganhar. O segredo é seguir tentando a sorte que um dia você conseguirá ganhar o tão sonhado prêmio máximo!

Alimentos proteicos para ganhar massa muscular

Uma das principais dúvidas com relação ao aumento dos músculos no corpo diz respeito à alimentação, mais concretamente aos alimentos proteicos para ganhar massa muscular cujo consumo deve ser privilegiado.

Face às inúmeras opções existentes, é importante ter em conta que essa ingestão deve preferir as fontes de proteína naturais, evitando os alimentos processados e com elevado teor de sal e gordura.

De entre os alimentos proteicos para ganhar massa muscular, vale a pena investir no consumo de:

  • Carne vermelha: fonte privilegiada de diversos aminoácidos que não podem ser encontrados em fontes de origem vegetal, a carne vermelha é rica em minerais como o zinco, ferro e selênio e em creatina, composto nitrogenado que oferece mais energia para o músculo e que potencia o seu rendimento durante os treinos. Além disso, é rica em mioglobulina, proteína importante no transporte de oxigênio para as células que se localizam nos músculos;
  • Salmão: rico em ómega 3, o salmão possui cerca de 29,14 gramas de proteína a cada porção de 100 gramas e é um dos alimentos proteicos para ganhar massa muscular mais populares entre os praticantes de esporte;
  • Amêndoa: com 21 gramas de proteína por cada porção de 100 gramas, esta oleaginosa é rica em fósforo, magnésio e cálcio e em vitamina E e B12;
  • Soja: com um elevado teor de isoflavona (nutriente com propriedades antioxidantes e anticancerígenas) e vitamina E, a soja é, dentre as proteínas vegetais, um dos alimentos proteicos para ganhar massa muscular mais eficientes e populares pelos seus excelentes resultados em dietas alimentares que versam o aumento dos músculos no corpo.

Suplementação: sim ou não?

Embora a ingestão de alimentos proteicos para ganhar massa muscular seja indispensável no processo de desenvolvimento dos músculos, nem sempre a dieta alimentar é, por si, suficiente para atender a essa demanda. Nesse sentido, vale a pena consultar um profissional de saúde credenciado para aferir a necessidade de recorrer à suplementação e, simultaneamente, avaliar os impactos e eventuais contra-indicações decorrentes dessa ingestão, uma vez que é necessário ter em conta as características de cada indivíduo.

Atualmente, os suplementos que auxiliam na obtenção de resultados satisfatórios em conjunto com a ingestão de alimentos proteicos para ganhar massa muscular são o whey protein (extraído do soro do leite, rico em glutamina e BCAA e o mais popular no âmbito do mercado da suplementação), a caseína (proteína de longa absorção rica em glutamina e arginina) e a albumina, que contém aminoácidos essenciais e é feita a partir da clara de ovo desidratada.